segunda-feira, 21 de abril de 2014

00

Tiradentes teria embarcado incógnito para Lisboa, após ladrão assumir sua identidade (Foto: Ilustrativa)

Autor: Guilhobel Aurélio Camargo

Ele estava muito bem vivo, um ano depois, em Paris. O feriado de 21 de abril é fruto de uma história fabricada que criou Tiradentes como bode expiatório, que levaria a culpa pelo movimento da Inconfidência Mineira. Quem morreu no lugar dele foi um ladrão chamado Isidro Gouveia.

0A mentira que criou o feriado de 21 de abril é: Tiradentes foi sentenciado à morte e foi enforcado no dia 21 de abril de 1792, no Rio de Janeiro, no local chamado Campo da Lampadosa, que hoje é conhecido como a Praça Tiradentes. Com a Proclamação da República, precisava ser criada uma nova identidade nacional. Pensou-se em eternizar Marechal Deodoro, mas o escolhido foi Tiradentes. Ele era de Minas Gerais, estado que tinha na época a maior força republicana e era um polo comercial muito forte. Jogaram ao povo uma imagem de Tiradentes parecida com a de Cristo e era o que bastava: um “Cristo da Multidão”. Transformaram-no em herói nacional cuja figura e história “construída” agradava tanto à elite quanto ao povo.

0A vida dele em poucas palavras: Tiradentes nasceu em 1746 na Fazenda do Pombal, entre São José e São João Del Rei (MG). Era filho de um pequeno fazendeiro. Ficou órfão de mãe aos nove anos e perdeu o pai aos 11. Não chegou a concluir o curso primário. Foi morar com seu padrinho, Sebastião Ferreira Dantas, um cirurgião que lhe deu ensinamentos de Medicina e Odontologia. Ainda jovem, ficou conhecido pela habilidade com que arrancava os dentes estragados das pessoas. Daí veio o apelido de Tira-Dentes. Em 1780, tornou-se um soldado e, um ano à frente, foi promovido a alferes. Nesta mesma época, envolveu-se na Inconfidência Mineira contra a Coroa portuguesa, que explorava o ouro encontrado em Minas Gerais. Tiradentes foi iniciado na Maçonaria pelo poeta e juiz Cruz e Silva, amigo de vários inconfidentes. Tiradentes teria salvado a vida de Cruz e Silva, não se sabe em que circunstâncias.

0(...) Tiradentes era um dos poucos inconfidentes que não tinha família. Tinha apenas uma filha ilegítima e traçava planos para casar-se com a sobrinha de um padre chamado Rolim, por motivos econômicos. Ele era, então, de todo o grupo, aquele considerado como uma “codorna no chão”, o mais frágil dos inconfidentes. Sem família e sem dinheiro, querendo abocanhar as riquezas do padre. Era o de menor preparo cultural e poucos amigos. Portanto, a melhor escolha para desempenhar o papel de um bode expiatório que livraria da morte os verdadeiros chefes.

0E foi assim que foi armada a traição, em 15 de março de 1789, com o Silvério dos Reis indo ao Palácio do governador e denunciando o Tiradentes. Ele foi preso no Rio de Janeiro, na Cadeia Velha e seu julgamento prolongou-se por dois anos. Durante todo o processo, ele admitiu voluntariamente ser o líder do movimento, porque tinha a promessa que livrariam a sua cabeça na hipótese de uma condenação por pena de morte. Em 21 de abril de 1792, com ajuda de companheiros da Maçonaria, foi trocado por um ladrão, o carpinteiro Isidro Gouveia. O ladrão havia sido condenado à morte em 1790 e assumiu a identidade de Tiradentes, em troca de ajuda financeira à sua família, oferecida a ele pela Maçonaria. Gouveia foi conduzido ao cadafalso e testemunhas que presenciaram a sua morte se diziam surpresas porque ele aparentava ter bem menos que seus 45 anos.

0No livro, de 1811, de autoria de Hipólito da Costa ("Narrativa da Perseguição") é documentada a diferença física de Tiradentes com o que foi executado em 21 de abril de 1792. O escritor Martim Francisco Ribeiro de Andrada III escreveu no livro "Contribuindo", de 1921: "Ninguém, por ocasião do suplício, lhe viu o rosto, e até hoje se discute se ele era feio ou bonito...".

O corpo do ladrão Gouveia foi esquartejado e os pedaços espalhados pela estrada até Vila Rica (MG), cidade onde o movimento se desenvolveu. A cabeça não foi encontrada, uma vez que sumiram com ela para não ser descoberta a farsa. Os demais inconfidentes foram condenados ao exílio ou absolvidos.

A descoberta da farsa

0Há 41 anos (1969), o historiador carioca Marcos Correa estava em Lisboa quando viu fotocópias de uma lista de presença da galeria da Assembléia Nacional francesa de 1793. Correa pesquisava sobre José Bonifácio de Andrada e Silva e acabou encontrando a assinatura que era o objeto de suas pesquisas. Próximo à assinatura de José Bonifácio, também aparecia a de um certo Antônio Xavier da Silva. Correa era funcionário do Banco do Brasil, se formara em grafotécnica e, por um acaso do destino, havia estudado muito a assinatura de Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes. Concluiu que as semelhanças eram impressionantes.

0Tiradentes teria embarcado incógnito, com a ajuda dos irmãos maçons, na nau Golfinho, em agosto de 1792, com destino a Lisboa. Junto com Tiradentes seguiu sua namorada, conhecida como Perpétua Mineira e os filhos do ladrão morto Isidro Gouveia. Em uma carta que foi encontrada na Torre do Tombo, em Lisboa, existe a narração do autor, desembargador Simão Sardinha, na qual diz ter-se encontrado, na Rua do Ouro, em dezembro do ano de 1792, com alguém muito parecido com Tiradentes, a quem conhecera no Brasil, e que ao reconhecê-lo saiu correndo. Há relatos que 14 anos depois, em 1806, Tiradentes teria voltado ao Brasil quando abriu uma botica na casa da namorada Perpétua Mineira, na rua dos Latoeiros (hoje Gonçalves Dias) e que morreu em 1818.

Em 1822, Tiradentes foi reconhecido como mártir da Inconfidência Mineira e, em 1865, proclamado Patrono Cívico da nação brasileira.

domingo, 20 de abril de 2014

0

Cleiton Albino exibe exemplar da revista que circula em vários estados  (Foto: Reprodução)

A revista “Assembleia de Deus em Foco” (AD Em Foco), periódico evangélico que circula em vários estados do Nordeste e Sul do Brasil, chegará ao Rio Grande do Norte no mês de maio. A iniciativa é do blogueiro evangélico Cleiton Albino, de Areia Branca, que será o ponto de partida da publicação com abrangência a outras cidades da região.

De acordo com Cleiton Albino, a AD Em Foco será trimestral e circulará inicialmente com cerca de mil exemplares. Além de Areia Branca, a revista ganhará as praças de Mossoró e outros municípios da região.

Fiel aos princípios evangélicos, a revista AD Em Foco tem como objetivo oportunizar às pessoas o acesso a um mecanismo de leitura voltado ao publico evangélico e não evangélico, com abordagem de assuntos variados, como vida cristã, espiritualidade, música, missões, vida saudável, entrevistas, política, tecnologia, moda evangélica, finanças, educação e eventos gospel da região.

A empresa ou pessoa física que tiver interesse de patrocinar a publicação colocando a sua logomarca ou anunciando os seus produtos, entre em contato com Cleiton Albino, representante comercial da AD Em Foco pelo e-mail: cleiton.s.13@hotmail.com.

PAULO WAGNER NA CÃMARA OK

Paulo Wagner defende mais segurança para os taxistas

Sequenciando seu trabalho em defesa do Rio Grande do Norte e do Brasil, o deputado federal Paulo Wagner (PV-RN) apresentou projeto em prol dos taxistas que visa blindar internamente o carro destes profissionais a fim de torná-los mais seguros.

A ideia de Paulo Wagner é que o Governo Federal possa financiar essa blindagem, por meio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDS), Banco do Brasil ou Caixa Econômica.

Em seu pronunciamento em defesa do pleito, o parlamentar disse que o projeto de Lei que favorece os taxistas é similar ao que já acontece no Rio Grande do Sul, onde os motoristas se cotizaram e fizeram uma blindagem interna nos veículos para torná-los mais seguros. 

"Eu espero que o Governo Federal possa financiar essa blindagem por meio do BNDS, Banco do Brasil ou Caixa Econômica. (...) Pela segurança do pai de família, pela segurança do taxista, pela segurança desse profissional que tanto trabalha em área de risco", reforçou.

Remédio mais barato

O deputado Paulo Wagner continua a mostrar sua preocupação com a área da saúde. Recentemente ele falou sobre a alteração da Lei de Patentes para baixar os preços de remédios.

Especialistas foram unânimes em defender alterações na Lei de Patentes (Lei 9.279/96). O acesso a medicamentos a preços acessíveis foi discutido em audiência pública realizada no início deste mês, na Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados.

O parlamentar citou que hoje a lei prevê que, na vigência da patente, que tem duração de 20 anos, os medicamentos só podem ser comprados das empresas detentoras das patentes, mesmo havendo versões genéricas comercializadas a preços mais baixos no mercado internacional. Além disso, terceiros não podem produzir o produto no País. Em alguns casos, as empresas obtêm novas patentes sobre o mesmo produto, depois de passados os 20 anos.

"O governo tem que repensar e ajudar a fazer uma alteração nesta lei de patentes para baixar os preços dos remédios", disse Paulo Wagner.

SANDRO MONTA ESQUEMA DE TRABALHO PARA O PERÍODO LEGISLATIVOA salvação do mundo já começou com a morte e a ressurreição de Jesus Cristo. Com a graça de Deus e o esforço dos homens, o mundo vai se aperfeiçoando. No meio do sofrimento encontramos luzes de esperança. O que devemos saber é que vivemos aqui e agora e que o bem que fazemos não acaba. Os tijolos que nós ajudamos colocar serão transformados por Deus em pedras preciosas. A plantação que ajudamos fazer dará frutos de vida eterna. O sofrimento que passamos para ajudar organizar bem a cidade terrena se transformará na grande cidade celeste, onde todos os homens serão a grande família de Deus em festa. Feliz Páscoa para todos os areia-branquenses!

É o que deseja o vereador

Sandro Góis

Presidente da Câmara Municipal de Areia Branca (RN)

0“Que a Semana da Páscoa seja para nós um momento de celebrar a Ressurreição e Vida! Que o símbolo pascal possa ser sinônimo de renovação permanente nos ideais em defesa da humanidade! Que esse espírito de Paixão de Cristo possa fortalecer nosso entusiasmo, criação e superação dos desafios cotidianos.

Desejamos à toda população areia-branquense uma Feliz e Santa Páscoa”.

Mensagem da Prefeita de Areia Branca (RN),

Luana Bruno e família

Reunião d seguranças sobre promoção de Praças10

Comissão define medidas visando melhorar a segurança pública potiguar

A cúpula da Segurança Pública do Rio Grande do Norte esteve reunida na manhã de ontem, 19, na Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), para apresentar o resultado da reunião entre a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) e a câmara temática da segurança. Participaram da reunião o titular da Sesed, general Elieser Girão, os comandantes Gerais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, cel. Francisco Araújo e cel. Elizeu Lisboa Dantas, do Delegado Geral da Polícia Civil , Adson Kepler, e do adjunto, Ricardo Sérgio, da diretora do Itep, Raquel Taveira, e do procurador Geral do Estado, Miguel Josino.

As principais definições foram apresentadas pelo titular da Sesed, e envolvem o envio para a Assembleia Legislativa da revisão da lei de promoção de Praças da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, um novo concurso público para o Corpo de Bombeiros, nomeação de delegados, escrivães e agentes da Polícia Civil, revisão nos valores das diárias operacionais para policiais, abertura de cursos para a Polícia Militar e Bombeiros para que a promoção dos praças possa acontecer, e uma força tarefa para que o estatuto do Itep possa ser enviado ao Ministério Público do Estado (MPE) na terça-feira, 22.

Além destas medidas, a governadora do Estado, Rosalba Ciarlini, convocará semanalmente reuniões da cúpula da Segurança Pública para acompanhar a logística e as pendências da pasta. De acordo com o Elieser Girão, a Lei de Promoção de Praças será encaminhada para a AL até o dia primeiro de maio deste ano. Da mesma forma, um novo concurso para praças e oficiais do Corpo de Bombeiros será lançado. Em relação à Polícia Civil foi determinado que sejam nomeados oito delegados, 13 escrivães e 31 agentes, também seguindo o trâmite na casa Legislativa.  No Corpo de Bombeiros, será encaminhada até o dia primeiro de maio a Lei de Segurança e Combate a Incêndios e Pânico, garantindo maior segurança aos estabelecimentos que dependem da vistoria do órgão.

Reunião d seguranças sobre promoção de Praças11

Reunião aconteceu ontem, com a participação da cúpula da Segurança Pública do RN

O secretário de Segurança Pública exaltou as medidas e declarou que as iniciativas partiram da sensibilidade da governadora. “Essas questões que anunciamos são respostas que demos à sociedade em menos de 35 dias de gestão. São demandas que estavam reprimidas há dezenas de anos, que levamos à Governadora e foram solucionadas imediatamente”, declarou, falando que as medidas foram discutidas na comissão formada pela Segurança Pública potiguar, com reuniões semanais para avaliar o funcionamento estratégico da pasta e solucionar as demandas reprimidas em todas as áreas, com reposta ágil para questões mais urgentes. (Com informações da Assecom-RN).

Fotos: Ivanízio Ramos

0

A bela ilha de São Luís, capital do Maranhão, onde foi feita a aposta premiada da Lotomania

Um apostador de São Luís (MA) acertou os 20 números da Lotomania de Páscoa e receberá o prêmio de R$ 37.261.929,79, do concurso 1.444. O sorteio ocorreu na noite de ontem, 19, em Gramado (RS).

Uma aposta de Americana (SP) fez zero acerto e vai ganhar R$ 1.025.818,50.

Oitenta e seis pessoas acertaram 19 dezenas e levaram R$ 23.856,24. Os 1.264 apostadores que tiveram 18 acertos receberão R$ 1.623,13. Outros 10.509 apostadores acertaram 17 números e ganharam R$ 122,01 e 60.179, que acertaram 16 dezenas, receberão R$ 21,30.

Confira os 20 números sorteados: 12 - 89 - 85 - 81 - 87 - 91 - 41 - 98 - 83 - 23 - 99 - 46 - 62 - 05 - 03 - 24 - 16 - 27 - 35 - 33.

Mega-Sena

Ninguém acertou as dezenas do concurso 1.592 da Mega-Sena que também foi sorteado ontem, em Pinheiral (RJ). O prêmio acumulou e deve pagar mais de R$ 5 milhões no sorteio a ser realizado na próxima quarta-feira, 23.

Os números que saíram foram: 31 - 36 - 38 - 41 - 42 - 49.

Cerca de 23 pessoas acertaram a quina e receberão R$ 57.425, 97 cada. Já na quadra, 2.341 apostadores ganharam o prêmio de R$ 806.

Quem sou eu

Jornalista do jornal O Mossoroense, redator do noticiário matinal “Costa Branca em Notícias”, da Rádio Costa Branca – FM 104,3 de Areia Branca (RN), onde aos domingos apresenta o programa de variedades “Domingão da 104”
Todos os direitos - Costa Branca News - Jornalista Luciano Oliveira. Tecnologia do Blogger.

Categorias

Total de Acessos

Blog Archive

Notícias mais lidas